07/03/2017

Saint-Savin | França : a fascinante Abadia do vale dos frescos


As pinturas murais de Saint-Savin, datadas de finais do século XI e princípios de XII, devem ser vistas como um documento de particular importância, permitindo uma perspectiva única de uma civilização ancestral, cujo trabalho é considerado obra-prima do génio criativo do Homem, estando por isso classificadas pela Unesco como Património Mundial desde 1983.

A torre da Abadia de Saint-Savin-sur-Gartempe domina a paisagem


Os frescos no tecto da nave da igreja apresentam-se em quatro fileiras paralelas, duas viradas a Norte e duas voltadas a Sul, e representam a história da Bíblia, num total de 61 cenas. A leitura começa com o ‘Genesis’ no lado Norte, em direcção a Oeste, e termina com o ‘Exodus’, do mesmo lado, em direcção a Este, no nível inferior. Embora as cenas possam parecer complexas, o seu posicionamento respeita a cronologia e a simbologia da própria Bíblia.


 


O ‘Genesis’ é representado em 51 etapas (4+7+11+15+14), sendo aqui de destacar na face Norte a pintura da Arca de Noé, similar a uma barca anglo-saxónia, comum na Europa no século XI. Na face Sul merece realce a edificação da Torre de Babel, que ilustra a construção medieval, designadamente a geometria quadrangular dos castelos do inicio do século XI.

O ‘Exodus’ é desenhado através de dez cenas, sendo a mais relevante a travessia do Mar Vermelho.

As pinturas da nave são complementadas pelas da torre ocidental, que contam a história do Apocalipse. A Paixão e a Ressurreição de Cristo encontram-se na galeria (acessível em visitas guiadas). Na cripta estão pintadas cenas do martírio dos Santos Savin e Cyprien.


 


** ** **

Espaço: Abadia que se estende paralela ao rio Gartempe, onde se destacam o refeitório, as celas dos monges e a escadaria que liga os três pisos, perpendicular à imponente igreja
Morada: Place de la Libération | BP 9 - 86310 Saint-Savin sur Gartempe
Mais informações: www.abbaye-saint-savin.fr


** ** **

Para conhecer Saint-Savin tive que fazer um desvio na viagem em direcção ao vale do Loire. Confira no mapa abaixo o trajecto percorrido (clique para mais detalhes, incluindo etapas e durações).

0 comentários :