25/02/2016

Burano, a Veneza que não vem nos guias


Burano é com certeza a mais pitoresca ilha da grande lagoa veneziana. Localidade piscatória, conhecida desde o século XVI pelo trabalho em renda, de gente humilde, descontraída e simpática que convive ainda harmoniosamente com o turista - presença cada vez mais habitual, mas ainda não descaracterizante. Descubra porque não deve deixar de ir!


1. Genuína


Localidade piscatória, conhecida desde o século XVI pelo artesanato em renda, tem sido capaz de se renovar, embora a arquitectura continue a reflectir a humildade das suas gentes.

Aqui, apenas a ingenuidade não é genuína


2. Florida


Parece difícil imaginar uma ilha florida onde não existem parques, jardins ou solo arável. Mas a verdade é que não encontrará casa, janela ou portada sem inúmeros vasos vivos e alegres.

As floreiras transmitem vivacidade e carácter que se renova a cada dia


3. Colorida


Habitações simples mas muito coloridas conferem um carácter charmoso e fotogénico ao local. Atravessar os pequenos canais ou percorrer estreitos becos é descobrir novos ângulos, perspectivas ou reflexos que merecem ser fotografados!

Jogo de inusitados contrastes de cores e texturas


4. Viva


Aqui, o tempo tem o seu tempo. Aqui não há gôndolas nem turistas apressados. Também não há circulação automóvel. O barco e a bicicleta são os principais meios de transporte. Aprecie e entre no quotidiano local. Brinque com as crianças na rua ou converse com os mais velhos que vêm à janela.

Viva o lugar, partilhando emoções


5. Descontraída


Gentes que mantêm as suas rotinas independentemente dos visitantes que vagueiam. Aproveite e siga calmamente, respeitando as actividades do dia-a-dia local. Sinta o bucólico do lugar - prazer raro numa Itália de turismo massificado.

Gente humilde e de trabalho surpreende pela simplicidade


6. Original


Num mundo globalizado, a originalidade dos lugares é algo cada vez mais raro. E por isso, valioso atributo que deve ser compreendido e valorizado. Burano tem conseguido manter uma atmosfera única e irrepetível.

Cada novo ângulo, uma fotografia única


7. Luminosa


A luz de Burano é única e quase mágica. Seja nas coloridas fachadas em tons de arco-íris, seja nos ondulados reflexos dos estreitos canais. Durante o dia, com o sol vertical, ou ao pôr do sol, altura em que a luz dourada e horizontal realça a beleza do lugar.

O barco reflecte o prolongamento natural da habitação


8. Calma


Longe do tão característico rebuliço veneziano, Burano aparenta localizar-se a muito mais do que apenas 7 km da 'meca dos canais'. Respire a calmaria do lugar e regresse a Veneza apenas após renovar as energias...

Atravessando gerações, os traços arquitectónicos vincam o carácter de Burano

~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

COLOCANDO EM PRÁTICA:

Como ir: desde Veneza, de 'vaporetto' (40 minutos / 7km); pode adquirir bilhetes simples de ida/volta ou passe diário se pretender passar por outras ilhas (como Torcello ou Murano, por exemplo).

O que fazer: passear, vaguear pelos calmos becos e canais, que confluem na praça Galuppi; aqui, visitar o museu da renda e admirar a inclinada torre sineira da igreja de San Martino (século XVI), que abriga a obra de Tiepolo, La Crocifissione.

Quanto tempo: reserve pelo menos meio dia para conhecer e sentir esta pequena ilha veneziana; aproveite cada minuto e, antes mesmo de regressar, compre uma pizza para, na viagem de volta, mais intensamente viver Itália!

Onde ficar: sendo Veneza a referência para visitar Burano, encontre ali as mais diversificadas opções de alojamento. Procure já hotéis em VENEZA e reserve antecipadamente aqui.

~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

Por fim, prepare-se para:

- se perder nos labirínticos becos e estreitos canais,
- se surpreender com as alegres cores das fachadas,
- se apaixonar pela magia dos reflexos ondulados nos canais,
- apreciar o ritmo calmo e descontraído de Burano,
- comer pizza com as mãos e sujar a roupa com o molho de tomate,
- tirar centenas de fotografias! :)

0 comentários :